ODETE PAIS

É uma avó transmontana que, como muitas outras, teve de ajudar na tarefa de criar os netos. Debateu-se assim com um problema complicado: como con­seguir que eles comam a sopa? A melhor solução que encontrou foi a de contar histó­rias. Mas quando lhe era pedido para repetir, alguns pormenores falhavam e ela ouvia: “Não é assim, avó!” Decidiu então escrever todas as pequenas histórias que tinha inventado, inspiradas no mundo que a rodeia.

OBRAS